segunda-feira, 3 de agosto de 2015

Quaquarelando com Paulo Anjos

Hoje quem está tagarelando com o Quaquarelo é um artista de bem com a vida e com a Natureza. Ele descobriu o seu talento para os desenhos e quadrinhos ainda na escola, enquanto desenvolvia o personagem baseado em uma foto própria. A partir daí, Benjamin Peppe foi ganhando espaço por vários jornais até ganhar um gibi próprio, que está ganhando novas repaginadas através de um projeto desenvolvido e liderado pelo seu próprio criador. Nessas mais de 4 décadas, Benjamin Peppe vem espalhando a filosofia do amor a Natureza, a preservação do Meio Ambiente e a importância da prática de esportes. Com vocês...
Coliseu dos Quadrinhos- Onde você nasceu e mora atualmente?
Paulo Anjos- "São Paulo - SP - Casa Verde."

Coliseu dos Quadrinhos- Qual a sua formação?
Paulo Anjos- "Artes Plásticas e Propaganda e Marketing."

Coliseu dos Quadrinhos- Como surgiu o gosto pelos quadrinhos?
Paulo Anjos- "Eu desde pequeno já fazia uns rabiscos (desenhos), quando eu estudava no primário tinha um colega de classe, que tinha um irmão mais velho que colecionava gibis e quando eu ia na casa deste colega fazer lição de casa, (escondido do irmão dele nós pegavamos os gibis para ver/ler)."

Coliseu dos Quadrinhos- Quem são seus ídolos e inspiração nos quadrinhos?
Paulo Anjos- "Maurício de Sousa e Pablo Picasso."

Coliseu dos Quadrinhos- Como foi a infância e do que mais brincava?
Paulo Anjos- "Muito boa, tinha muito espaço, na rua, campinhos e as casas tinham quintal grandes. Jogar Bola, bolinhas de gude, taco, peão, surf (com prancha de isopor na praia) e inspirado pelos filmes, desenhos animados e gibis. A gente brincava de mocinho/bandido e super heróis."

Coliseu dos Quadrinhos- Quais são os seus personagens e heróis preferidos?
Paulo Anjos- "Turma da Mônica, Raio Negro, Capitão Marvel e Homen Aranha."

Coliseu dos Quadrinhos- Qual fábula infantil mais se identifica?
Paulo Anjos- "Minha mãe (Magdalena Peppe) contava muitas estórias dos Irmãos Grimm e Hans Christian Aderson. Mas quando eu estava no primário, ganhei de minha mãe o livro/gibi Clássicos Walt Disney Peter Pan/1969 e este me marcou muito." 

Coliseu dos Quadrinhos- Fale um pouco pra gente sobre o Benjamin Peppe, sua turma e filosofia.
Paulo Anjos- "O BENJAMIN PEPPE, nasceu nos bancos escolares em 1973. - "O jornal da escola não 
tinha Histórias em Quadrinhos, então a partir de uma foto minha criei um tipo moderninho parecido comigo. Depois batizei-o de BENJAMIN PEPPE".
A turma do BENJAMIN PEPPE foi criada na década de 70 (inspirou-se nos colegas de sua antiga turma de escola para criar os personagens). através deles surgiram: LUIZ, ROMEU, PHELIPE, HERMAN, MIGUEL, HALL, TIA LILY, VANILLA, LYSA, OLÍVIA, SANDY, BELL, LUCI e DIANA.
Tudo começou  no dia 02/05/1973, com a criação do BENJAMIN PEPPE, (somente com garotos hippies - as estórias eram do tipo pastelão e um ano depois foram criadas as personagens meninas, e a necessidade de ampliar os roteiros das estórias me levou a adotar os temas de esportes e ecologia) que nos dias de hoje adotam o tema ecológico (cuidados com o meio ambiente, preservação da natureza, reciclagem de materiasi, 
etc.) relacionado com os esportes saudáveis (SURF, BODYBOARD, SKATE, FUTEBOL, FUTSAL, FUTEBOL DE AREIA, NATAÇÃO, BICICROSS, VÔLEI DE PRAIA, BASQUETE E HANDBOL). Tem a personagem TIA LILY, que apesar de conservadora participa com bom humor das aventuras da turma, e ainda os personagens de mais dois casais de namorados que adoram as nuances do mau e da trapaça nos esportes, mas nunca conseguem chegar às finais das competições como vencedores: BADBAD, MONIQUE, MAUMAU e MALVINA. No total são 19 personagens.
Os personagens das Histórias em Quadrinhos costumam ser um retrato da época que foram criados, mas para sobreviver eles precisam se adaptar e acompanhar os tempos modernos como acontece com a TURMA DO BENJAMIN PEPPE. (hoje contamos com a participação e colaboração de vários artistas  que desenham o personagem BENJAMIN PEPPE  com  o empréstimo do seu talento artístico e traço (os desenhistas mandaram bem e modernizaram o visual do Benjamin, fizeram versões bem legais e até no estílo manga)  
num caminho futurista acompanhando os avanços tecnológicos (carros, motos, jet ski, celular, computador, internet, etc.).
A personalidade do BENJAMIN PEPPE E SUA TURMA se adapta ao dia-a-dia cheio de transformações dos problemas sociais, que acabam virando piadas com uma boa dose de humor e até com um pouco de poesia; seja em casa, no bate-papo do barzinho da moda, ou na praia praticando esportes saudáveis, ao lado de sua turminha jovem e moderninha, ingênua, cheia de fantasia, com gatinhas e gatões falando a linguagem deles, em uma praia ecológica conhecida ou imaginária, onde nascem e crescem até flores de tão despoluída.
Para um futuro próximo, planejamos contar com várias parcerias para estúdios de desenhos, editoras (foram publicados 05 números do gibi pela Editora Júpiter II e agora pela Universo editora Independente), histórias em quadrinhos, merchandising (camisetas, folhinhas e calendários com HQs, capas de cadernos, brinquedos, bonecos, adesivos, bonés, etc.), tiras para jornais e internet, posters coloridos para exposição, etc e também com as revistas de atividades dos personagens para colorir, ler e brincar, um desenho animado para ser veiculado na TV, um DVD, mais o CD com a música do BENJAMIN PEPPE E SUA TURMA, uma peça de TEATRO, um FILME e COSPLAY que vai dar mais impulso aos personagens. Participei de inúmeras mostras e eventos de quadrinhos, realizei até cosplayers com as características do personagem Benjamin Peppe. As novidades são publicadas no site oficial:www.benjaminpeppe.webnode.pt      e 
https://www.facebook.com/benjaminpeppe


Coliseu dos Quadrinhos- Acompanhando a sua biografia, vemos que você é militante e perseverante na arte; publicando quadrinho independente em uma época onde a divulgação e marketing eram muito mais limitados. Conte para nós um pouco de como era a dificuldade e como fez para tornar o personagem popular.
Paulo Anjos- "As dificuldades eram grandes para se publicar em revistas de bancas e as opções eram publicar em fanzines nacionais e internacionais que aceitavam colaborações e publicavam suas Tiras e HQs e divulgavam seu trabalho. Comecei a publicar em vários fanzines e fazia também os fanzines do Benjamin  e comecei a espalhar num frenético intercâmbio pelos correios por muitos anos e cheguei a Editora Júpiter II que começou a publicar os gibis do Benjamin e eu continuei a publicar os fanzines do Benjamin Peppe e com mais os gibis da Júpiter II eu enviava pelos correios para outros fanzines de divulgação, sites e blogs. Faço isso até hoje enviando pelos correios e divulgando por e-mail e etc."

Coliseu dos Quadrinhos-  O que você acha do quadrinho nacional? Acredita no potencial do mercado de produções autorais independentes? 
Paulo Anjos- "Acho que tem muita gente boa fazendo ótimos quadrinhos nacionais. Hoje, com a internet é o melhor lugar para divulgar o seu trabalho, que se for bom (nos olhos dos críticos) vai crescer e ganhar espaço nas editoras, bancas e livrarias. O potencial do mercado de produções independentes esta lançando a toda hora novos talentos de quadrinhos e isto é muito bom para todos que produzem."

Coliseu dos Quadrinhos- Vimos que o Benjamin Peppe surgiu em uma época em que a moda hippie era muito popular. Hoje ele continua surfista, aderindo também para o skate, esportes radicais, além de continuar com a filosofia hippie do amor à Natureza e preservação do Meio Ambiente; tão úteis nos tempos de hoje. Você acha que a tecnologia futura influenciará na personalidade do personagem?
Paulo Anjos- "Já podemos ver as influencias na personalidade do personagem, eu e os desenhistas colaboradores já modernizamos o visual em versões bem legais e até no estílo maga em um caminho futurista acompanhando os avanços tecnológicos (carros, motos, jet ski, celular, computador, internet, etc."

Coliseu dos Quadrinhos- Acompanhando no site, você coordena um projeto de divulgação e propagação do personagem como uma franquia, licenciando para diversas plataformas. Conte-nos um 
pouco sobre essa expectativa.
Paulo Anjos- "Eu tenho planos para lançamentos de diversos produtos e eventos com o personagem. Porém sinto a necessidade de parcerias. Pessoas que acreditem no potencial do personagem e invistam nestes projetos com um estúdios de desenhos (tercerizado cuidando dos projetos), editoras, histórias em quadrinhos, esculturas, brinquedos, merchandising (camisetas, folhinhas e calendários com HQs, capas de cadernos, 
brinquedos, bonecos, adesivos, bonés, etc.), tiras para jornais e internet, posters coloridos para exposição, etc e também com as revistas de atividades dos personagens para colorir, ler e brincar, um desenho animado para ser veiculado na TV, um DVD, mais o CD com a música do BENJAMIN PEPPE E SUA TURMA, uma peça de TEATRO, um FILME e COSPLAY. As novidades são publicadas no site oficial:www.benjaminpeppe.webnode.pt e  https://www.facebook.com/benjaminpeppe 

Coliseu dos Quadrinhos- Você tem algum ritual para se inspirar? Segue alguma disciplina para cumprir seus projetos pessoais artísticos?
Paulo Anjos- "Sim, procuro ler, pesquisar, assistir filmes com temas que estou querendo desenvolver um roteiro para aquela tira ou HQ e depois já com uma ideia mais ou menos formada,com lápis e papel na mão começo a fazer os rabiscos/esboços até a ideia ficar clara."

Coliseu dos Quadrinhos- Você já teve algum momento de "vazio"? Como faz para superar?
Paulo Anjos-  "Sim, procuro me concentrar naquele projeto, ando de um lado para o outro e então leio um pouco, assisto um desenho ou filme, se não resolver no dia, é até engraçado passa até um ou dois dias e a ideia, já vem pronta na mente."

Coliseu dos Quadrinhos- Há alguma novidade que possa compartilhar sobre o seu projeto?
Paulo Anjos-  "Acho que até agora as ideias para este projeto, eu já contei e comentei tudo, mas pode aparecer novidades, pois fazer quadrinhos sempre aparece novidades."

Coliseu dos Quadrinhos- Qual conselho você daria para um profissional que pretende seguir na mesma 
carreira artística?
Paulo Anjos-  "O sol nasceu para todos! Viva os seus sonhos: Faça muitos quadrinhos, desenhe, escreva, passeie, leia, assista muitos filmes. Atinja seus ideais. Não desista nunca. Mesmo que algo o force a parar no meio do caminho, prossiga sempre! Tenha fé, que o dia de amanhã pertence a Deus e Ele com certeza te transformará em um vitorioso cheio de alegrias por não desistir. O tempo não para e eu acredito que existe a vida eterna do espírito. aqui na terra temos que cuidar também do nosso lado espiritual para que seja fortalecido o nosso lado material. Obrigadôôô!!! A Todos vocês abraços de Paz e Luz. Tudo HQBs para todos Vocês!!!"

Por Leo Vieira



Um comentário:

  1. Agradeço ao blog Coliseu dos Quadrinhos e ao Leo Vieira por esta grande oportunidade com esta entrevista para falar e divulgar o personagem Benjamin Peppe e Sua Turma. Obrigadôôô!!! Tudo HQBs para Todos! Fiquem com um forte abraço cheio de Paz e Luz. Paulo Anjos

    ResponderExcluir